Tatiana Weston-Webb to Now Represent Brazil on Championship Tour

With hopes to represent Brazil at the 2020 Summer Olympics, as well.

Twenty-one-year-old World Surf League (WSL) Championship Tour (CT) surfer Tatiana Weston-Webb announced today that she would be representing Brazil on the CT moving forward.

A dual-citizen of Brazil and the United States, Weston-Webb cited preparing for the 2020 Summer Olympics as a main factor in switching her representing country.

Hoje estou animada em anunciar que, seguindo em frente, estarei representando o Brasil tanto no WSL Championship Tour quanto na preparação para os Jogos Olímpicos de 2020 em Tóquio. Esta é uma decisão importante para mim e sobre a qual estou muito empolgada. A maioria das pessoas não sabem que meu pai é da Inglaterra e minha mãe é do Brasil. Me sinto verdadeiramente abençoada por ter sido criada na linda ilha do Kauai – tanto a comunidade quanto as ondas tiveram um papel importante na formação de quem eu sou como surfista e como pessoa. Eu sou muito grato por isso, mas como todos vocês sabem. O Brasil é o país a onde nasci e sempre fez parte de quem eu sou e, recentemente, fui abordada pela Confederação Brasileira de Surf e pelo Comitê Olímpico Brasileiro, com a oportunidade de representar o Brasil. Sempre foi um sonho meu competir nas Olimpíadas e quando o surfe foi anunciado como um esporte olímpico oficial, eu sabia que meu sonho tinha uma chance de se tornar realidade. O Brasil possui grande parte do meu coração. Eu tenho família, amigos e uma quantidade incrível de apoio lá. É um lugar que sempre me fez sentir em casa. Estou muito orgulhosa de representar um país tão incrível com tanta paixão e dedicação pelo nosso esporte. Embora essa mudança me dê a oportunidade de representar o Brasil em 2020, todas as vagas têm que ser conquistadas e eu vou tentar o meu melhor para me qualificar como um dos poucos surfistas capazes de representar seus países nas Olimpíadas. Eu me considero muito feliz por ter o apoio dos fãs do Havaí, do Brasil e do mundo. Obrigada a todos por entender, respeitar e apoiar minha decisão. So today I'm excited to announce that, moving forward, I will be representing Brasil on both the WSL Championship Tour as well as in preparation for the 2020 Olympic Games in Tokyo. This is a major decision for me and one that I'm really excited about. Most folks aren't aware that my Dad is originally from England and my Mom is originally from Brasil. Brasil is where I was born, but I feel truly blessed to have been raised on beautiful Kauai – both the community and (please read the rest below)

A post shared by Tatiana Weston-Webb (@tatiwest) on

As Weston-Webb said in the announcement, “I was approached by the Brazilian Olympic Committee with an opportunity to represent the country in a major way. It’s always been a dream of mine to compete in the Olympics and when surfing was announced as an official Olympic sport, I knew that my dream had a chance of becoming a reality.”

Much like fellow CT surfer Kanoa Igarashi did earlier this year by switching from the United States to Japan, Weston-Webb is looking for a wider path for Olympic qualification (with fewer top Brazilian female surfers than U.S. surfers). It’s also, in both instances, a great story of young surfers connecting with their heritages to be a part of the Olympic Games.

As the current number four female surfer in the world, Weston-Webb will make her official debut as a Brazilian surfer at the upcoming Oi Rio Pro in Brazil from May 11-20, 2018.

More Surf Content From ASN

Surfing Icons in New Documentary 'Momentum Generation' Discuss Their Collective Biopic

Gear News: Superbrand Teams Up With UNIV for 6 Limited-Edition Surfboards

A New Trailer has Been Released for the Andy Irons Documentary